quinta-feira, julho 21, 2005

« DesaFINANÇAS ...»

Qual não é o meu espanto quando, ontem à noite, vinda eu ainda a viver as réstias de felicidade que trazia por ter estado a nidificar com o amigo mocho, mais os amigos do costume, chego a casa ainda de sorriso rasgado ... ligo a televisão do quarto e ... o meu queixo cai .... sento-me à bordinha da cama assistido incrédula à notícia que passava na SIC Notícias ... o Ministro das Finanças «deu à soleta», «pôs-se ao fresco», «bazou», «deu de frosques», «raspou-se», «levantou a âncora», «saiu», «abandonou o cargo», «pôs o lugar à disposição», «apresentou a sua demissão» ... seja lá que nome lhe dermos continua sempre a parecer estranho...

E parece-me estranho por muitas razões mas, essencialmente por esta: como é que é possível que um homem, que há bem pouco tempo, tomou decisões de uma violência extrema (não está aqui em causa a intenção com que decidiu), que nos afectam a todos, e de que maneira, que podem marcar a diferença entre o desabar ou não de muito orçamento familiar, se lembre agora de dizer que já não lhe apetece mais jogar a este jogo ????

Eu até percebo que, de facto, ele possa ter ponderado que perder as chorudas reformas das quais beneficia o podia fazer vacilar entre continuar ou não ... mas porque é que ele não se lembrou logo disso ????

Foi preciso primeiro arrasar com o nosso, já parco, bem estar, fazer-nos pagar (AINDA) mais IRS, aumentar o raio do IVA e, em consequência disso, o preço de quase tudo aquilo em que tocamos, continuar a insistir em enveredar por projectos megalómanos que, quando espremidos, acabam por nos fazer ver que a montanha pariu um rato, fazer de conta que estava a dar um bom exemplo a prescindir das suas reformas para, afinal, voltar a trás e roer a corda.

Mas agora pergunto eu ... e quem é que vai ficar cá a pagar a factura das argoladas que entretanto ele se entreteve a fazer ?? Os do costume, claro !!!!

O que me horroriza, neste e noutros governos com que já tivemos levar, é a impunidade com que exercem as suas funções ... prometem mundos e fundos nas campanhas, todos, sem excepção, ganham as eleições à conta dessas tretas, porque o povão, já desesperado, parece o burro atrás da cenoura e vai a correr, perseguindo as ilusões porque tem que acreditar nalguma coisa e depois é vê-los ... todos iguais. Chegam à cadeira do poder e olham todos para os papeis com o sobrolho franzido, abanam a cabeça, franzem de novo o sobrolho, abanam outra vez a cabeça e lançam a célebre frase «realmente, a situação do país é caótica...».

Mas digam-me lá por favor se sou eu que estou com os copos ou se é preciso um tipo ser Ministro, Secretário de Estado ou mesmo Deputado para ver que este país já passou o prazo de validade há muito tempo ... para ver que se continuam a revezar no poder partidos que passam a vida a dizer que a culpa é do outro ... assim até parece que não custa nada ... sim porque se continuam a esbanjar milhões a alimentar uma máquina estatal que já está mais ultrapassada que os cortes de cabelo do Marco Paulo, e não se vê nada a melhorar, antes pelo contrário.

E o pior é que olhando à volta as alternativas são todas tão credíveis como os milagres anunciados por algumas igrejas que nascem por ai como cogumelos ...

Por isso Sr, agora Ex, Ministro das Finanças, que a vida lhe seja leve, e deixe estar-se sossegadito que nós cá ficaremos todos com um sorriso estampado na fronha a pagar a factura das belas obras que decidiu edificar durante este tempo em que desfrutou deste brinquedinho que lhe puseram nas mãos ...

O meu muito obrigada pelo seu empenho e pelo carinho com que transformou a minha vida numa surpresa diária ... porque agora, quando vou pôr gasolina, nunca sei quanto é que vou pagar por ela não é ????

E há lá coisa melhor do que quebrar a monotonia na vida de um cidadão ????

Caracol Espantado

22 comentários:

Armando S. Sousa disse...

A rápida degradação dos governos actuais, sejam do PSD sejam do PS é uma situação que custará um elevado preço aos portugueses. Conclui-se com esta demissão que, já com Guterres foi a mesma coisa, que os Governos socialistas não gostam de ministros independentes.
A situação torna o seu quê de caricata, porque Campos e Cunha demite-se ou foi obrigado a demitir-se, no mesmo dia que a comissão europeia dá uma benesse de 3 anos para resolver o problema do déficit público.
Um abraço.

wind disse...

bom post! penso como tu é estúpido e ignóbel o que nos fazem! beijos

wind disse...

Caracolinha não consegues ir ao meu "WC" porque o apaguei:) Não tinha tempo para ele;) beijos

Mocho Falante disse...

Bem vindo ao mundo da dança das cadeiras, venha lá mais um para mais um Tacho que dá para um caldeirada para 600 pessoas

paper life disse...

E entra um que não entregou as declarações de impostos.
Haja paciência!

ainda há políticos?

Abelhinha disse...

É o pais que temos

Abelhinha disse...

esqueci-me de te deixar um grande beijinho com muito mel

Maria, la portuguesa... disse...

pois, pois...tá mal,sim...

Vespinha disse...

Eu cá não sou de intrigas mas pelo que percebi,ele foi convidado a sair...

A situação choca mas não me espanta...
É que já são muitos governos P.S.e já se sabe o que a casa gasta!

Bába de vespinha habituada mas INCONFORMADA!

Isabel Magalhães disse...

Caracolinha,

assino em baixo! :):):)

Beijinhos noctívagos.

P.S. Eh pah! esta máquina é uma grande máquina. :)

Pitucha disse...

Isto vito à distância é ainda mais "divertido": um país que arde, que tem um governo assaz estranho (digam lá que o Freitas num governo PS não fica esquisito? De longe, pelo menos, fica!) e um ministro que se demite (é convidado a...? Essa ainda não tinha chegado aqui. E convidado porquê?
Pobre país!

Isabel-F. disse...

Oi Caracolinha....

Claro que assino por baixo do teu texto....

tem um dia super....

Bjs

adesenhar disse...

assinar este texto! é já a seguir...

nesta viragem de século ninguém se lembra de criar um novo tipo de político!

este modelo caducou...

Leonardo DaVinci se fosse vivo resolveria este grave problema político com a criação do "novo político" há imagem da formula divina 1,618.
tenho a certeza que estes ministros, com as medidas que têm, desde a cabeça aos pés, eram riscados dos esquissos do Mestre.

:)

Nilson Barcelli disse...

Não foi o Pessoa que disse: «primeiro estranha-se, depois entranha-se»?
Pois, eu já passei a fase do «estranha-se», em que tu pareces ainda estar.
Acho que não há nada a fazer. Vamos mesmo empobrecer e a viver cada vez pior.
Porquê?
Porque ninguém, NINGUÉM (sublinhado), quer mudar. Quando se fala em mudanças é sempre o outro que deve fazê-las.
Portugal atravessa uma crise de cultura. A sociedade está podre. O chicoespertismo nacional não é condenado, etc., etc..
O ministro é só mais um do imenso lote dos chico-espertos (reformas chorudas + ordenados) que fez o que devia (trabalho sujo, é certo) e que se vai embora porque tinha de ir (era previsível).
Nesta miséria em que caímos, as pessoas válidas, competentes e honestas estão fora do jogo, porque o sistem as impede de ascender a lugares importantes.
Já há uns anos que penso isto. agora, que vejo o país mais de longe, tenho maior convicção ainda do que disse.
Beijinhos

smartins disse...

De facto os independentes nas listas socialistas sempre se deram muito mal. A sua "rebelde independência" acaba sempre... no olho da rua!
Boa viagem, !!!

CP disse...

O mocho falante é que tem razão. Mas cá para mim foi excesso de competência e falta de política.

Maria, la portuguesa... disse...

Vou-te linkar. È pra já. Jázinho, mesmo...
OK, já está!

HTTP://WWW.marialaportuguesa.blogspot.com

requiescatinpacem disse...

eu conheço um monte de coisas para quebrar a monotonia!!

Dilbert disse...

Oi caracolinha :)
Eu já só penso em férias :) ... tudo o resto já me chateia :(
Comecei por escrever um comentário que já ia longo demais, só que era tão negativo que acabei por apagar e susbtituir por este... a ver se não vos contagio com a minha má disposição quando penso em politica e politicos :(
Uma boa tarde para ti caracolinha, beijokas e até já...

SaltaPocinhas disse...

Tens toda a razão do mundo...infelizmente!

Anónimo disse...

That's a great story. Waiting for more. Gagner a la roulette Fat lesbian stories Buy contact lens web acuvue

Anónimo disse...

Keep up the good work film editing schools