sábado, junho 25, 2005

Querida, Mudámos-te a Sala ...

Pinturas

Pois é ... e quando pensamos que os MELHORES AMIGOS DO MUNDO não conseguem fazer mais nada para nos surpreender, eis que eles, mais uma vez, nos surpreendem ...
Foi mesmo isso que me aconteceu, faz precisamente hoje uma semana !!!!
Foi uma versão "mais bairrista" do Querido, Mudei a Casa ...
Passo a relatar os acontecimentos ... DONINHA, de seu nome (Dónas, para os mais chegados, ou, pelo menos, para aqueles a quem ele se deixa chegar) olhava insistentemente para as minhas alvas paredes (bem, tendo em conta que não eram pintadas ia para 6 anos, QUASE alvas paredes) com o olhar de perito qual cirurgião que sabe que não pode falhar um milímetro na incisão e comentava ... «já não estás farta deste «branquinho»????» ... sentia a palavra «branquinho» como quem sente um punhal a cravar-se-me nas costas ... era dita sempre acompanhada de um sorriso quase tão assustador como a entrada do saudoso Comboio Fantasma da ainda mais saudosa Feira Popular de Lisboa ... a seguir a esta famosa frase seguia-se o olhar de esguelha para os outros dois «cumplices» ... e o já famoso sorriso «à la doninha» !!!!
Cumplices ... pois porque uma obra desta envergadura conta sempre com mais que um cérebro ... dai que, a coadjuvar nas operações estavam um MOCHO e uma VESPINHA ... e que trio que eles formam ... de cada vez que o Dónas dizia a palvra mágica, o famoso «branquinho», era vê-los a sorrirem cheios de cumplicidade uns para os outros ....
Ora quem me conhece sabe que sou um CARACOL solidário, com bons princípios, que gosta de colaborar, dar uma mão e .... bem, OK, vou dizer a verdade, sou um Caracol obsessivo, nada pode ser feito sem eu me convencer que só corre bem se eu estiver a olhar !!!!
E foi precisamente por ai que eles pegaram ... e foi cá uma terapia para mim ... uma verdadeira terapia cognitivo-comportamental ... do tipo «queres sair de casa por favor (acho que esta parte do «por favor» foi meramente decorativa) para nós te fazermos uma «surpresinha» (outra palavra que me incomodou tanto!!!!!) e te remodelarmos a sala toda ???? (...) É que se não quiseres sair a bem sais a mal!!!!» ... o que é que me restava ???? Lá peguei na trouxa direitinha que nem um fuso e fui para a toca do Mocho ...
Mas não julguem que esta tortura começou para mim no dia em que a pintura foi feita .... nnnnnãããããooooo, uma semana antes já se notavam os sorrisos cúmplices e os segredinhos dentro deste verdadeiro clã decorativo ... era vê-los a correrem comigo de todo o lado de cada vez que tinham uma ideia nova (e se eles tinham ideias, a avaliar pelas vezes que fui recambiada...), coisas do tipo «amanhã já vou buscar «aquilo»...» .... AQUILO, mas que raio seria AQUILO ???? «Então Mocho, sempre fica aquela côr ????» perguntava a Vespa sob o olhar atento do Dónas ... «não, não, lembrei-me de outra muito melhor ...» e eu ali, qual dama atraiçoada a ter que me rir com vontade de os afogar em perguntas ... de vez em quando tentava apanhá-los de surpresa e fazer uma pergunta vinda do nada, qualquer coisa do tipo Freudiano, tipo técnica psicanalítica, mas isto é tudo gente com muita prática, que não se deixa levar por principiantes !!!!
Pensei que se não desenvolvi uma sindrome paranóide nessa semana, fiquei imune para o resto dos meus dias !!!!
Em plena toca do Mocho, na sexta feira à noite, esperei sozinha pelos 3 heróis da construção civil ... que, a propósito, me tinham PROIBIDO sequer de me aproximar do telemóvel, salvo se fosse uma situação muito «urgente» (leiam este «urgente» em negrito, itálico e com sublinhado duplo) ... e se esperei ... quando chegaram, quase às duas da matina, e para meu desespero, vinham limpinhos, mas tão limpinhos, que até pareciam uns meninos do coro ... nem uma pinguinha de tinta para amostra (pelo menos à primeira vista), soube depois que o mocho trazia uma mancha de tinta no ... bem, esta história agora não interessa nada !!!!
Dia Nº 2 (e último da surpresa) ... sábado ... se na sexta tinha ficado 4 horas e meia sozinha, no sábado fiquei todo o dia ... sim, foi por opção, porque me achava uma companhia tão má pela impaciência que me trazia a minha curiosidade mórbida e pela ansiedade de ver a surpresa que só consegui suportar a presença dos cães mais lindos do mundo !!!! Não sei se eles terão ficado com tão boa impressão de mim depois daquele dia, mas pronto ... não vos vou descrever o meu dia, mas posso resumi-lo assim: do sofá para o pc, do pc para o terraço, do terraço para a cozinha da cozinha para a sala, da sala para o sofá (da sala !!!!!!), pega no comando, muda obstinadamente os canais da televisão, sem sequer ver o que está a dar em cada um deles (fiz isto 3 ou quatro vezezs seguidas), mais duas e já podia ser integrada no Call Center da TV Cabo para explicar a ordem dos canais aos Clientes sem recurso a suporte escrito (sim porque da maneira que isto anda, as empresas precisam de reduzir custos, e uma folha de papel é uma folha de papel) ... ah, sim, da muda os canais no sofá da sala para o terraço, do terraço para ... enfim para todo o lado menos para a minha sala, que era o que mais me apetecia estar !!!!
Eram dez da noite ... o meu estado mental agravava-se de minuto para minuto até que .... tam tam tam tam ta ra tam, tam tam ta ram tam tam tam ... (só para quem conhece o toque do meu telemóvel) ... ERAM ELES !!!!!
Senti-me como um naúfrago que vê passar, muito ao longe, um navio ... sim, muito ao longe, porque o telefonema era para informar que ainda iriam demorar «mais um bocadinho» ... desliguei o telemóvel e desliguei-me também, ou, por outras palavras, desliguei o que restava da minha sanidade mental, aquele «mais um bocadinho» parecia um daqueles socos no estômago que te faz vomitar um bife apesar de teres comido peixe cozido ao almoço ...
Lembrei-me que durante o malfadado telefonema ainda tentei sorrir, mas incapaz de me conter, deixei escapar um «já estou UM NICO farta de aqui estar na toca do Mocho...», este UM NICO deve ter soado tão a falso como aqueles comentários das amigas detestáveis que te dizem ... «esse corteZINHO de cabelo fica-te tão bem...» quando tu te olhas ao espelho e te perguntas a ti própria se te terá caído algum ninho de cucos no alto da cabeça ...
Mas já não havia nada a fazer, já tinha dito, e o que «tá dito, tá dito» ... claro que a suspeita, agora confirmada, do meu estado limite, ainda fez vibrar mais os obreiros que disfrutaram do pratinho até à última cena ...
Três horas e meia depois .... SIM, três horas e meia depois, que foram, entretanto e felizmente MUITO bem acompanhadas (obrigada MUSTELINHA, obrigada SANTI) ... chegou o grande momento ...
Tinha sido tudo preparado ao pormenor ... com direito a fita para tapar os olhos e tudo ...
Entrei na sala, de olhitos tapados e senti o cheiro delicioso do incenso que se entranhou nas narinas e me fez sonhar de olhos fechados (literalmente), senti um calor estranho, aquele calor que só se sente quando se está perto de quem se ama e começou a contagem final ... TRÊS, DOIS, UM ... e eu .... «(..............)»
Fiquei SEM PALAVRAS, porque não havia palavras que explicassem como é que 3 pessoas conseguem, numa noite e num dia operar tamanha transformação, corporizar o amor que me têm numa obra digna de ser vista ... era a minha sala, o meu espaço, agora transformado pelas mãos da amizade, pelo empenho e dedicação que só um amor sem limites pode proporcionar, por 3 das mais belas e especiais criaturas que tive a felicidade de se cruzarem no meu caminho ...
A vocês, declaro e publico o meu reconhecimento, o meu amor, a minha amizade. A vocês vos digo que sou vossa ... em cada gesto, em cada olhar, em cada palavra, em cada sorriso, em cada zanga, em cada partilha, em tudo aquilo que vos digo e em tudo aquilo que vos mostro sem palavras.
Sou vossa, obrigada por serem meus.
E dá vontade de perguntar. Será que eu mereço isto ????
O Caracol da Sala Remodelada
PS. Passo-vos o aviso que me passaram a mim ... esta foi a primeira divisão ... das outras eles vão tratar a seguir ... eu estou a aguardá-los a eles ... aguardem-me vocês a mim também ...
Sim Senhor Doninha ...

13 comentários:

Mocho Falante disse...

Amiga... Venha a próxima divisão, e que seja tão divertido quanto foi a primeira remodelação..

De facto o que fizemos não tem preço, mas por ser para ti, são 2600 Érios

Ass: Mocho da Bricolage

Abelhinha disse...

É que o Mocho além de ser ter a paranóia de blogs actualizados, tem esta mania de ser ele a escolher as nossas cores.

Sei o que é... foi ele que escolheu a cor do meu quarto, e não podia estar melhor!

Deve ter ficado linda a tua sala!

Beijos melados

Bastet disse...

Olá caracol! Cá estou eu a visitar a tua casinha e que pelos vistos foi remodelada! Não me queres emprestar esses belos amigos :) é que eu para a bricolage... ai, ai!

Vespinha disse...

Não,não tem preço??!
As pontas dos dedos dilatadas,as costas dilaceradas,os pézinhos que pareciam as chagas de cristo, os joelhos negros de andar a esfregar, a submissão ao Doninha - nós dependíamos dele,não podíamos asnear! -...
E uma barrigada de riso...

"Sim,Sr. Doninha!"

Vespinha asa colada de tinta

Mocho Falante disse...

Amiga Bastet, para já deixa a malta relaxar pois ainda temos os pezinhos e o joelhinhos num estado miserável

Mas depois com todo o gosto

Caracolinha disse...

Querida Bastet, faço minhas as palavras do Mochito, se bem que para o bricolage eu definitivamente também não nasci ... mas quem dá o que tem ...

Conta connosco para os arranjos, pode ser que desta vez me deixem participar ...

A avaliar pela descrição da Vespinha vão necessitar de alguns dias e muita aguinha com sal para revitalizar os pezinhos e os joelhitos...

Bába do Caracol Renovado Bricolágico

Bastet disse...

Fico à espera! como gatinha que sou tenho o meu cestinho para remodelar mas com o meu jeitinho a coisa havia de ficar bonita! As paredes também eram branquinhas... as do quarto da melga de cinco anos que mora comigo :) já são mais é marcas... Mas se eu me atirasse a pintar o quarto da melga acho que ela fazia a mochila e saia de casa á procura de outra mãe!
Agora a sério, este é o relato mais doce que já ouvi de uma amizade! parabéns!

LUA DE LOBOS disse...

UMA DELÍCIA:::)) PARABENS A QUEM TEM O PREVILÉGIO DE TER TAIS AMIGOS.
XI
MARIA

LUA DE LOBOS disse...

UMA DELÍCIA:::)) PARABENS A QUEM TEM O PREVILÉGIO DE TER TAIS AMIGOS.
XI
MARIA

Caracolinha disse...

Lua de Lobos, é bem verdade aquilo que dizes, e que bom é também poder partilhar esta história com uma pessoa como tu.

Aparece sempre que quiseres. És muito bem vinda.

Beijo GORDO !!!! ~:o)

Caracolinha disse...

Obrigada Querida Bastet, esse elogio vindo de uma pessoa que escreve como tu é um grande incentivo.

Aí estaremos prontos para as remodelações quando fôr preciso !!!!

Beijinho GORDO para ti e para a tua pequenina !!!!

~:o)

Isabel Magalhães disse...

Querida Caracolinha,

este foi o mais belo Hino à Amizade - em versão "suspense" -que já li. :)
Mas como "artista" que sou, aguardo um post com a foto do trabalho para poder avaliar! :)

Um beijinho "liso". :)

Anónimo disse...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. » »