domingo, outubro 01, 2006

(...)


Morreu a Fofinha. Dito assim podia ser apenas isto. Uma Frase. Uma perda. Um vazio.

Ela era a cadela de um amigo a quem a vida já roubou algumas coisas importantes.

Já passou uma semana desde que, sem esperar, saiu de casa com ela mas voltou sozinho. Eram companheiros 24 horas por dia. Adormeciam e acordavam juntos. Partilhavam um espaço. Uma vida.

Não lhe telefonei. E pensava todos os dias o que é que lhe diria quando o encontrasse ... se estaria à altura para preencher aquele vazio imenso que se gera sempre nestas ocasiões ... hoje, sem esperar, vi-o no café junto ao prédio onde moramos no qual usualmente trocamos beijos e sorrisos ... era ele, sem dúvida ... mas, ao mesmo tempo, não era.

Cumprimentei-o com um sorriso absolutamente estranho em mim, porque era forçado, e imediatamente me saiu o banal e previsivelmente estúpido ... "já sei o que aconteceu...".

Ele, um homem de olhar vazio e triste ... chorou ... eu, que o via assim, sem defesas, ainda incrédulo, chorei.

Falámos, de pé, durante quase 40 minutos, que me pareceram apenas 5 ... tal foi o sentido que me fizeram as coisas que ele me disse ... é absolutamente impressionante como as emoções de alguém que sente como sentimos são tão fáceis de partilhar, como tudo se encaixa ... "pus a minha casa à venda ..." disse-me com um ar tão natural como se apenas tivesse acabado de pedir uma garrafa de água ... com uma expressão de quem precisava de fugir, de soltar as correntes que o prendiam ... e prosseguiu ... "nada nesta casa me faz sentido sem a minha mulher e agora sem a minha cadela, não quero lá entrar, tenho coisas para fazer lá e não consigo ... foi muito bom ter vivido aqui, mas agora tenho que sair, virar esta página e começar a escrever outra, uma que esteja em branco, quero voltar a encontrar-me noutro sítio, um sítio onde vos possa receber numa grande festa porque quero que saibam que continuo a pensar em todos vocês, que não é a distância que nos separa, apenas vai fazer de mim uma pessoa diferente, não esta pessoa que agora não consegue erguer os braços ..."

E foi assim que, mais uma vez, compreendi a imensa coragem que é preciso ter para ser feliz ...

Caracolinha Nico Atordoada

38 comentários:

wind disse...

Esse senhor tem uma coragem incrível!
Começar tudo do nada, não é para todos.
1º a mulher e agora a cadelita:(((
Coloco-me na pele dele, se perdesse o meu Lucas, companheiro há 9 anos e nem quero imaginar!
Olha, nem sei que escrever, a não ser que admiro pessoas com coragem.
beijos

Anónimo disse...

De facto, é preciso muita coragem.
Depois de tantas folhas viradas (e, certamente, teve que as virar), ter que virar mais uma, e recomeçar é impressionante.
Beijinhos

Parrot disse...

Ai amiga,

Costumo dizer, que na vida nada acontece por acaso, acredito convictamente nisso, mas às vezes, como agora, depois de ler um post como este....duvido....mas continuo a acreditar na vida, com mais, ou com menos sofrimento.

Hoje deixo-te um abraço apertadinho.

Mocho Falante disse...

Nina porque me faz chorar assim????

Olha fiquei com um nó na garganta que nem sei o que hei-de escrever...fosga-se pá, já tenho o mar dos olhos revolto em tempestade...e logo eu que lido tão mal com a perca e faço tal mal os lutos.

O que me ocorre agora dizer é que adoro essa tua sensibilidade e a forma como a exprimes...ainda por cima que hoje em nome de toda a amizade ofereceste os ingressos do teu glorioso para estar aqui comigo no jantar que me vai saber tão bem...antes da despedida para as férias.

Obrigado por seres quem és, especial, única, uma irmã de verdade

bábas que agora vou ali chorar mais um nico

Ass: O Mocho O Mariquinhas pede salsa

Cristina disse...

Caracolinha,
Infelizmente a vida é assim, e ao senhor desejo tudo de melhor na sua vida nova, realmente é preciso muita coragem para começar tudo de novo, mas se é o que ele sente no coração dele para ser feliz novamente, é evitável que o faça
:)
Um beijinhu para ti

Formiguinha disse...

Uma pessoa de coragem e de grandes sentimentos:(

Jinhos***

Cila disse...

caracolinha
tu enledas-no na situação com a força da tua escrita, com o universo do teu sentir ....com a tua solidariedade.
A perda de entes queridos é sempre um horror....caminhar em frente sacudir as águas e conservar as boas recordaçoes ...não é fácil...mas é possivel...pois o sol nasce todos os dias.
A coragem emocional para caminhar em frente, para encarar o desconhecido.... ....

Minha linda caracolinha um grande beijinho e para esse teu amigo um beijo de apoio do tamanho do mundo e espero que em breve sorria novamente

dakidali disse...

É assim mesmo, coragem, preseverância e esperança.
Beijinhos

Miguel disse...

CARACOLINHA,

Mas é de enaltecer, uma vontade de voltar a ser feliz noutro sitio, noutra situação ...!

Voltar a renascer para a vida!
È preciso força e muita coragem!

Hoje é um dia especial n´A Minha Matilde! Passa por lá!

Uma boa semana!
Bjks encaracolados da Matilde

Betty Branco Martins disse...

Olá querida Caracolinha

Estou de volta!

Pois é.........por vezes perante certas situações (principalmente as da perda) fica-se sem palavras.........

Beijinhos

Poesia Portuguesa disse...

Fiquei com um tamanho nó na garganta, que nem sei que dizer.
Sabes que ainda ontem ao almoço com a família e a propósito nem sei de que conversa disse, mais ou menos isto:
- Não tenho medo de morrer. Tenho medo que os meus "meninos" (o Sting e a Rita) fiquei sem mim.
Ela está aqui em cima da secretária deitada, enquanro escrevo.
Ele, está deitado nas minhas costas e eu sentada na pontinha da cadeira, enquanto escrevo.
Sei o que é esse sentimento. Esse Amor...

"...E foi assim que, mais uma vez, compreendi a imensa coragem que é preciso ter para ser feliz ..."

Tens razão...

Um abraço carinhoso a ambos...

Hindy disse...

Nem quero sequer pensar como seria se perdesse a minha pequenita... compreendo muito bem esse senhor, homem de sentimentos nobres e de muita coragem!

P.S.-Passei só para te deixar um beijinho! :o)

Barão da Tróia II disse...

São esta coisas que nos fazem sentir piqueninos perto de exemplos assim grandes. Boa semana

Natalie Afonseca disse...

Oh!!
Fiquei triste!!
:((

Força para o teu amigo!!
:)

Caracolinha,
vemo-nos em breve :)

Beijinhos
:))))))))))))))

Pitucha disse...

Que coisa tão triste!
Só consigo mandar um beijo para ele, e outro para ti que nos contaste a história de forma tao ternurenta.

ninguem disse...

A perda é sempre proporcional a ou ao que se perde. Se a cadelinha era a companheira entendo as lágrimas desse teu amigo. Os animais são mais sinceros do que os humanos. Gostam para toda a vida.
Beijo

José António disse...

Olá prima Caracolinha,

Há vida depois da vida!

bjs,

Daniela Mann disse...

Sem palavras...

Silêncios disse...

Muita, mas muita mesmo... e por vezes, custa tanto...
Um abraço apertado ao teu amigo, e um beijo para ti

Ulysses disse...

Essa talvez seja a grande verdade da vida... Perda! Não se consegue viver com isso, mas não há outra alternativa... ainda...
1 Beijinho

Catarina Pati disse...

Caracolinha,

Ha pessoas que sao como as folhas basta um vento de Outono para as fazer cair outras são como as fenix capazes de renascer das proprias cinzas;

Fossemos todos assim...

Bjtos,

Marco Ferreira disse...

São estas as lições que a vida nos dá. Aprender com os outros, admirando-os pela sua força e nunca esquecer que existe sempre alguém que estica a mão.

marinheiroaguadoce a navegar

Kraak/Peixinho disse...

... e a coragem para recomeçar tudo novamente pondo a sua casa à venda. Que seja feliz é o que desejo. Tu foste mais uma vez linda em ouvi-lo :)

Bjzz corajosos

Galheta disse...

E ainda dizem que os cães são só meros animais!Ingénuos!Mal sabem eles o quanto um "mero animal" pode fazer-nos bem!Boa sorte para o senhor ;)
Beijinhos :)

Galheta disse...

Tia Molusca,beijinhos tia Molusca!
(ih ih esqueci-me) :)

Galheta disse...

o teu xô riço cacheiro inspirou-me,agora tenho um tigre :)

Cristina disse...

:(((

triste...não sei que diga.


um beijo pra ele. e para ti. xodades...

paper life disse...

Sempre me comoveu essa tua capacidade de entender e respeitar os outros na vida e na morte.

Beijos Caracolinha terna.

:)

~*Vica*~ disse...

Realmente, é preciso coragem. Beijos.

Cristina disse...

Hoje passo aqui á pressa só para te desejar um bom fim de semana'
:)
beijinhus

Alien8 disse...

Caracolinha,
Sei o que dói perder companheiros a que tanto nos afeiçoámos. Também sei que saberás ser amiga do teu amigo, e estar presente na hora em que ele mais precisa de ti. Depois de tudo o que passou, o que lhe desejo é muita coragem para recomeçar, e amigos como tu. Sei do que estou a falar. Infelizmente.
Um beijo.

João Mãos de Tesoura disse...

O que teu amigo precisa é de esquecer a mulher. O cão e a casa eram as formas que ele tinha para manter essa ligação. Agora ele precisa de mudar! (primeira consulta grátis)
E tu, no fundo, és uma sentimental. Aposto que te cai a lágrima quando vês tragédias na TV (reais e ficcionadas). Isso é bom, dá a tua dimensão humana, mas pode ser mau, magoaste com facilidade (segunda consulta... ainda grátis)
Eu, pelo contrário, I'm the sun of a beach (not bitch... those are in the greenfields), pois adoro mar (não tem nada a ver... mas não te podia cobrar por mim)! :D
Bsijos

125_azul disse...

Por onde andas, caracoletinha linda? Desapareces que tempos e depois fazes este post esmagador... Beijinhos compreensivos

1entre1000's disse...

Bolas fiquei desconsertada com este post... :(

Anónimo disse...

ola

daqui donas e drininho....

so para dizer que estamos a adorar e que vamos tomar uma grande banhoca no indico e uma goda massagem no spa a pensar em ti.

babas

As Musas disse...

Tou a chorar, não preciso de dizer mais nada.

Isabel Magalhães disse...

Deixo um beijinho... ao voltar de Barcelona!

Meia Lua disse...

É difícil perder quem amamos, quem nos faz companhia... é muito difícil e esta dor deve ser tão grande, mas tão grande que só de imaginar tenho os olhos cheios d'água. Eu um dia jurei tb não ter mais bichos... e tb sei o que é perder quem amamos... não se pode nem se consegue estar indiferente. beijinhos para ti:* e para ele tb.