quinta-feira, julho 13, 2006

Já Agora ...

Vim aqui mudar a música, mas entretanto, aproveito e ofereço-vos um soneto dos mais bonitos da minha poetisa de sempre ... fazendo votos para que se estejam a aguentar benzinho debaixo desta caloraça ...

Amiga

Deixa-me ser a tua amiga, Amor,
A tua amiga só, já que não queres
Que pelo teu amor seja a melhor,
A mais triste de todas as mulheres.

Que só, de ti, me venha mágoa e dor
O que me importa, a mim?! O que quiseres
É sempre um sonho bom! Seja o que for,
Bendito sejas tu por mo dizeres!

Beija-me as mãos, Amor, devagarinho...
Como se os dois nascessemos irmãos,
Aves cantando, ao sol, no mesmo ninho...

Beija-mas bem!... Que fantasia louca
Guardar assim, fechados, nestas mãos,
Os beijos que sonhei prà minha boca!...

Florbela Espanca

E pronto ... até uma próxima ... vou voltar para dentro da casca ... que sempre lá está mais fresquinho ...

Caracolinha Encalorada

40 comentários:

Alien8 disse...

Caracolinha,
Obrigado pela lindíssima música e pelo magnífico poema da Florbela.
Beijinhos!

Lola disse...

Venho só deixar beijinhos e cerejas á minha Caracolinha linda...

Era uma vez um Girassol disse...

Tens razão, Caracolinha, está uma brasa!!!!!
Lindo o soneto da Florbela, também a minha poetisa! E a música....
Bjs

dakidali disse...

BEIJOS RÁPIDOS.

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Como consegues aqui colocar estas preciosidades?

wind disse...

Boa música a acompanhar o bonito soneto de F.E.:)))
beijos

batista filho disse...

Valeu,Caracolinha: três beijos na casquinha.

Mocho Falante disse...

ai ai amiga mas que dor de corno hein??? Quanto ao poema da outra que curtia o irmão já não há anda a dizer...a miuda foi de uma infelicidade pequena...

mas sobre esta musica o que poderia agora aqui falar...

E por isso aqui vai a parte que eu mais gosto desta dor de corno da bela Luz Casal:

Te has parado a pensar
lo que sucederá
todo lo que perdemos
y lo que sufrirás.
Si ahora tu te vas
no recuperarás
los momentos felices
que te hice vivir.
Y de noche , y de noche
por no sentirte solo,
recordarás nuestros días felices,
recordarás el sabor de mis besos.
Y entenderás en un sólo momento
que significa un año de amor.
Y entenderás en un sólo momento
que significa un año de amor.

Babinhos cheios de amor

Recordarás, nuestros dias felices lálálá

Mocho Falante disse...

Olá outra vez...

Já te disse que amo este musicão que rima com...bom adiante

un aññoooo de amorrrrrrrrrrrrr

Cristina disse...

muito linda...
também queria uma casquinha para ficar fresquinha
:)
beijinhuuuuuu GRANDE

digoeu disse...

bom fim-de-semana!
;)

Su disse...

amei reler
jocas maradas e encaracoladas

Meia Lua disse...

Caracolinha romântica :D
Lindo o poema, de entrega... difícil ser amiga quando se quer o amor!!! Lindo. Beijinho grande e bom fim de semana para ti :*

~*Vica*~ disse...

Lindo poema. E sobre o post abaixo: que ótimo que o filho de 4 patas vai bem. A minha felina de olhos azuis manda lembranças! ;)

Daniela Mann disse...

Olha que lindo!
Beijinhos

Daniela Mann disse...

Olha que lindo!
Beijinhos

Lola disse...

Caracolinha
Na verdade eu não tenho blog...
Talvez um destes dias...
Beijinhos fresquinhos
(está um calor insuportável )
Lola

Cila disse...

ola
vim dar te um beijinho e desejar-te um bom fim de semana

ando mui flaminga mesma q quase nem venho a net

beijinhos

sonhos sonhados disse...

Caracolinha

...Florbela
sempre belas as suas palavras.

o som é muito bom.
por Viana do Castelo
também precisamos de uma
casquinha,
pois a torraça escalda.

jinhux létinha.

Tia Cremilde disse...

que bela recepção!!
vim retribuir a visitinha agradável! devo confessar que é a primeira sobrinha do género, mas é com todo o prazer que adopto uma caracolinha na famelga!!

uma beijoca da tia.
bom fim de semana! vou espreitar um pouco mais do teu cantinho!

Paulo Figueiredo disse...

vai-se aguentando! fica-se mais tempo dentro da casca!

boa escolha musical. tb me agrada mto

AS disse...

Florbela continua entre nós através da sua poesia!...

Um beijo...

Belzebu disse...

É sempre bom relêr Florbela Espanca. Para além da riqueza da poesia, ela própria é uma personalidade controversa e misteriosa que me fascina!

Saudações!

Nilson Barcelli disse...

Gosto muito da Luz Casal. Uma boa escolha, portanto.

E do poema também. Já conhecia, mas é uma delícia voltar a lê-lo.

Mandei instalar um chuveiro lá no meu blogue, para te refrescares à chegada...

Boa semana
Beijinhos

1entre1000's disse...

Sim senhora, excelente música!!!
E Florbela Espanca, simplesmente adoro... fiz bem em passar por aqui!! ;)

The City Lights disse...

:)

.....

"O" Beijo

;)

th disse...

Estou a actualizar-me em relação a blogs e tudo e tudo...
lamento e depois de durante anos ler e apreciar poesia, neste momento não tenho paciencia para "lamexisses".
Qualquer movimento faz aumentar a temperatura do meu corpo, por isso beijinhos e adeus, th

Barão da Tróia II disse...

Gostei muito porra. Boa semana.

125_azul disse...

Quem escreve assim não é disléxico! Beijinhos e sopros para afastar o calor. A música é maravilhosa.

Eva Shanti disse...

Querida Caracolinha,

Obrigada pela música e por nos deixares este poema maravilhoso.

Adoro Florbela Espanca! E digo do fundo do coração porque não sou dada a poesia. Prefiro prosa.

Quanto ao voltar para dentro da casca, discordo vivamente.

Com este calor, o que está a dar é "sair da casca"! Olha que ainda sufocas aí dentro!

Bjs

Parrot disse...

Deixo o :) de satisfação, de alegria, de amizade, de paz, de esperança, de vida, de agradecimento.....porque imagino que é isso que te vai na alma.
Contente por ti e contente pelo poema e pela música.....

Beijinhos

Anamargens disse...

Costumo "ver-te" no poiso do Mocho, mas hoje vim directa à tua casquinha, gostei de ver as tuas "folhinhas" e deixo-te um beijinho.
Tens um humor fantástico, Caracolinha!

Cila disse...

lindo e sensivel como sempre :)

bela escolha deste poema de amor e paixao e fantasia.

lindinha espero que andes feliz mesmp encalorada :):)

beijinhos flaaminguitos

Natalie Afonseca disse...

Olá querida Caracolinha!
Uau! Amei este poema, e não o conhecia...tsssssss!! :)
Muito boa escolha! Já viste, também conheço um pouco de poesia nesta casquinha!
Olha, espero que tudo esteja muito bem contigo! Hein? OK?

Muitos beijinhos e até breve :P
Abraçoooooooooo
:))))))))))))

Natalie Afonseca disse...

Ah! Mas conheço muito de Florbela Espanca...e a sua poesia é simplesmente genial....ser poeta é....!

Música boa!! :)
Eu ando no Best of Lenny Kravitz, e nos Supertramp ... neste momento, claro!

Beijinhos

boleia disse...

a minha poeta preferida!
Beijocas enormes e obrigada por todos os teus comments! Animam-me sempre ;)

Isabel Magalhães disse...

FLORBELA SEMPRE.

Gostei deste reencontro! :)




bjssssssssssss pintados de muitas cores (menos cor-de-rosa) ihihihihi!

elisabete disse...

Saudades loucas deste canto teu, nosso feito de pequenas grandes pedrinhas preciosas! Palermona q sou qts x, em me afastar, por x, de tanto do q vale mmo e tanto a pena. Asneira grossa, pq, afinal, basta vir ver-te ou ao Mochinho, como agora, aconteceu, e logo se enche alma e corpo e sentidos todos e coração... da beleza e preciosidade q só vcs sabem criar.
Toda a ternura do mundo para vcs! Obrigada!!!

Anónimo disse...

Wonderful and informative web site.I used information from that site its great.
»

Anónimo disse...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it Botox and pregnancy