terça-feira, abril 04, 2006

Des-Crédito ...



Cada vez se ouve falar mais dos endividamentos excessivos das famílias portuguesas .... hoje assiti, por breves momentos, a um fórum televisivo em que se discutia o papel perverso da publicidade que leva muitas vezes as pessoas a consumirem bens de que não necessitam ou a recorrerem a linhas de crédito para cumprir este ou aquele sonho, sem pensarem depois que variáveis como as subidas das taxas de juro poderão transformar aquilo que parecia um sonho, num autêntico pesadelo ....

Neste debate assumia particular destaque o papel da publicidade de algumas instituições bancárias ... e, de imediato, me veio à cabeça aquele anúncio genial do banco que mudou de tom de cor há bem pouco tempo, onde aparece o Cristiano Ronaldo a dizer qualquer coisa como ... “com este cartão tenho acesso a descontos na prestação da casa e do carro e seguros mais baratos...” !!!!

Que boas notícias para o miúdo Cristiano que, como aufere pouco granel no fim de cada um dos meses, sempre poupa alguns tostões para ir comprar mais um par de calças à feira de Carcavelos... bem, isto sem contar com o que ele deve ter metido ao bolso com esta e outras campanhas publicitárias ...

Foi boa esta escolha do rapaz ... faz-me sentido escolherem pessoas que realmente precisam de uns descontozinhos ...

Resta-me o consolo de acreditar que muitas figuras públicas usarão também a sua imagem para a associar a causas meritórias e algumas delas até poderão contribuir com quantias generosas para algumas instituições ...

Mas confesso que me daria muito mais gozo ver, nesta e noutras campanhas, um velhinho bem velhinho a dizer qualquer coisa do género ... “com este cartão já não preciso de, a meio do mês, olhar para o dinheiro que me sobra da minha mísera reforma e decidir se hei-de comprar medicamentos ou comida para os próximos 15 dias ...

Caracolinha Corrosiva ... :)

74 comentários:

Tetracloro disse...

Excelente Caracolinha. Adorei este post. É verdade isso que dizes. Beijinho.

Cristina disse...

eu??? a estrear a caixa?? nem me sinto bem aqui sozinha p´á!! lol

poisé caracoluncha linda, velhinhos com crédito?? atão tu num sabes que velhinhos são malta atreita a dar-lhe o amok de um momento pro outro? e depois quem é que pagava o cataozinho, ein?? e depois, nao ficam nada bem nas fotografias....

beijocas enrugadas :(

Cristina disse...

opá, não há direito, lol afinal ultrapassaram-me por uns segundos loooool.

bem me parecia que isto era esquisito :)))))))))))))

Alien8 disse...

Boa ideia, a do velhinho :)))
Boa música, também, Caracolinha!
Pois é, coitado do Cristiano Ronaldo... talvez se redima criando uma fundação para ajudar as actuais e futuras vítimas de anúncios desse género... ou talvez não :)
Beijos.

wind disse...

Muito bom este post, focaste a realidade idiota da publicidade consumista, para que as pessoas se afoguem cada vez mais em dívidas e os bancos lucrem com isso.
Claro que o Cristiano Ronaldo coitadinho e outros afins precisam muito do dinheiro destas campanhas e os velhinhos não porque já estão habituados a fazer contas para ver se o dinheiro chega para os medicamentos, ou para comer. Ah e também sabem com a experiência da idade, apertar o cinto. beijos

Pitucha disse...

Bem visto Caracolinha linda! Isto do consumismo é uma coisa que se cola. É irracional e leva as pessoas a fazer coisas estúpidas.
Beijos ensolarados (mas frios) de Bruxelas

kinha disse...

Bom dia, beijinho.

laerce disse...

Olá Caracolinha corrosiva.

Na peça Leandro, Rei da Helíria, que os miúdos estudam no sétimo ano, há uma personagem cuja única fala é esta sublime frase: 'tiraste-me as palavras da boca' que obviamente é pronunciada montes de vezes. Quando ouço ou leio alguém a abordar este tema da engano em que se vive lá com essas publicidades, só me apetece usar a mesma frase da personagem.

Fiseste bem em trazer este tema. é chocante os lucros imensos desses e as misérias imensas de uma maioria e depois atacam com os países nórdicos, lá é que é...

Olha, é melhor nem dizer mais nada.
Um beijinho.

laerce disse...

pois aquele esse do 'fizeste ' é que ficou muito mal feito vê lá se dás um jeito e pões a forma verbal correcta, que é uma vergonha.

um beijo ortográfico.

C_mim disse...

Males da nossa profissão, minha cara.

E ainda não deves ter visto o quaresma a dizer que agora vai pagar em prestações os electrodomésticos...

Eu gosto de marketing, é da minha profissão que vejo e analiso a sociedade, mas por vezes fico com um nó no estômago quando o"sistema" me impõem as suas vontades e certezas...

Mas olha, se te consola, também à muita família, com a corda na garganta, que não prenscinde ficar numa bicha horas e ficar sem metade de um salário, para assistir a um jogo de futebol...

125_azul disse...

Depois da história do hino positivo da galp (detalhes no blog M&M, para quem não sabe), só resta lamentar os nossos estrategas da propaganda...
Dia feliz

paper life disse...

Pois é, Caracolinha, já sem falar das cartas que se recebem a oferecer crédito quase sem pedir nada em troca. Para viagens , obras compras tudo o que há.

Cada um tem de ser dono da sua cabeça. avisos não têm faltado...

Bjinhos nesses caracolinhos.

:)

Miguel disse...

Caracolinha, podes ter a maior parte da razão mas será só culpa da Publicidade!

A nossa vontade de ter, de possuir e o materialismo leva-nos a cometer gastos superfluos que nos vão atar as mãos nos tempos mais proximos!

Para a minha amiga caracolinha ...

Mil Bjks da Matilde e do seu pai babado!

Caracolinha disse...

Olá querido amigo Miguel ... não se trata, de todo, de culpar o Marketing e a Publicidade em exclusivo ... senão, acredita, contra mim estaria a falar ... se bem que alguma publicidade possa, em definitivo tentar em demasia o consumismo ... ninguém está isento de culpas em todo este processo, sem dúvida ... a publicidade apenas cumpre o seu papel ... mas, neste post em particular, referia-me mais ao rídiculo a que se chega em certas situações ... o Cristiano Ronaldo a comprar a prestações ???? por favor né ????

Ou, como doz a c_mim, que também é da área da publicidade e marketing, o Quaresma a comprar electrodomésticos a pagar em 12 vezes na rádio popular ????

É só isso que evidenciava ... o aspecto de se dar algum crédito ao consumidores ... :)

Fica uma beijoca para ti e para todos os que já passaram ...e, para aqueles que ainda tiverem paciência para me aturar e ainda forem passando por aqui !!!!

:))))

Wakewinha disse...

O pessoal compra mais do que o que pode. Ouvi dizer que há um sem número de portugueses que não é capaz de sequer poupar um euro no final do mês!!!! Alguns, acredito que seja para comer que gastam o tostão. Mas muitos é para manter as aparências: não importa o que somos, mas o que parecemos... =/

Beijito, minha linda*

[Lê e Divulga!]

aldinha76 disse...

Ó Caracolinha, o Quaresma a pagar prestações dos electrodomésticos??? Ele vai lá é com a família e gama-os que é mais fácil....

Esta história foi excelentemente, por ti, abordada neste post...coitado do Cristiano o puto é novo precisa que o ajudem a governar o "pouco" que recebe senão o miúdo chega ao fim do mês já não lhe chega para os bollycaos...Velhos com cartão??? Mas será que li bem? Então eles agora não servem para nada, já trabalharam tudo o que tinham a trabalhar, a contribuir para o Estado, agora são um estorvo achas q alguém lhes passa cartão?? quanto mais lhe darem cartão!!!

a lice disse...

Gostei de passar por aqui!:) E do teu ponto de vista!:)

Beijinhos.

Luís Monteiro da Cunha disse...

Só me apetece dizer: "Haja Deus..."
Uns com tudo sem grande esforço... Parece que nasceram bafejados pelo destino...
Outros que tanto porfiam e pouco ou nada conseguem... senão o bastante para o seu sustento e dos seus...

Mas haja saúde e trabalho devidamente remunerado, já não é mau... enquanto existir, porque parece que a moda de fechar empresas sem pagar aos funcionários veio para ficar...

É a contenção... a recessão... tretas!
Li hoje que só em Março passado, compraram-se 106 (cento e seis) veículos considerados de altas marcas, desde Ferraris a Bentleys...
Portugal bateu o record europeu de compras mensais de veículos da gama alta... são os patrões que temos, no seu melhor!

Bjinho

Catarina Pati disse...

Caracolinha, tenho tamanha gana aos creditos, que sempre que recebo publicidade nem abro o correio!! O endividamento escessivo não é um mal Portugues, mas mundial. A publicidade tem uma forte parcela de culpa, mas cada um devia saber governar a sua propria casa e ter noção de que neste mundo ninguém dà nada a ninguém.

Xuinha Foguetão disse...

Tens toda a razão.

Lá em casa quando vemos esse género de anúncios comentamos: porque é que não escolhem pessoas que precisem do dinheiro?
São Figos, Cristianos Ronaldos, etc e tais que já têm tão pouco e ainda ganham mais por associar a sua imagem a determinados produtos.

Foste corrosiva, sim sra. :)

Beijocas.

AS disse...

Caracolinha, posso assinar por baixo?
Tens toda a razão!...

Um beijo meu

nana disse...

belo musical!!!
;)
obrigada pelo visita!!
Quanto ao crédito, não dou crédito grande a essa modalidade de pagamento!Tão fácil que causa facilmente desgraceira!!
;)
chuács a dobrar e festinhas para o tosquido Freud!!

Isabel Magalhães disse...

Querida Caracolinha,

O Barça já meteu um e eu vim aqui 'dar-te colinho' que deves estar muito triste.

Quanto ao teu excelente post... é a triste vida de uma grande parte dos portugueses terem ordenados ou pensões de reforma em que lhes sobram muitos dias.

Benfica Allez Allez! :)))

Um montão de beijocas.

Mocho Falante disse...

ai amiga é por isso que te adoro tanto... é por estas coisas que cada vez me convenço mais na nossa sintonia. Fico chocado cada vez que vejo o piqueno a abrir a porta de um carro topo de gama na publicade, com uma ligeiresa como se toda a poulaça poudesse ter um daqueles, bastanto para isso ter um cartão de crédito é que quem Sabe sabe e o Ronaldo é que sabe e mais nada!

Mocho Falante disse...

PS: só mais uma coisa..se fosses buscar esta música à internet tás safa porque nem os inspectores da Judite conseguem ouvir esta sarramocina até ao fim, e por isso tás safa porque ninguém te irá sacar este mp3 e também não houve prejuizo para os autores porque de certeza que ninguém comprou o cd... é que há MINIMOS PÁ

bábas

Meia Lua disse...

Um espetáculo!!!
É mesmo isso, uma vergonha um país inteiro a viver do consumismo e das aparências. Não importa que não haja comida na mesa e sim o carrinho novo na garagem ou as férias para ter o que contar aos vizinhos...
Muito bem querida Caracolinha!!! :*

Su disse...

gostei de todo o texto, mas os 2 primeiros paragrafos, são bem reais....os pt estão hipotecados até à raiz dos cabelos, e os anuncios são sempre feitos pelos mesmos "carentes"

pstt nao acredites na contribuição com quantias generosas....:) qto mto dão a cara, mas nem de graça o é....opssss tristeza de país...

jocas maradas

dakidali disse...

É isso mesmo Caracolinha, fizeste muito bem e o que dizes é bem verdade. Quando é que os anúncios são feitos por quem precisa de uns troquitos?
Beijinhos

Era uma vez um Girassol disse...

Estou solidária contigo, Caracolinha!!!! Uma hipocrisia e um perigo, todas essas campanhas que induzem as pessoas a endividar-se....
Esta tua face "corrosiva" tem a sua graça!!!!
Muito bem escolhido o tema do post e explanado com mestria e humor!
Beijinhos na casca ....

Desconhecida disse...

Belo post, como é habitual.

Respondendo à tua pergunta por lá...não sou de Psicologia, mas é de facto, uma área que gosto muito.
E claro, que entendes aquele post...afinal somos parecidas e para bom entendedor, maia palavra basta...ou meia chávena de arroz, lol.

Beijo para ti caracolinha

Dra. Daniela Mann disse...

Gostei muito de ler este texto que tanto me sensibilizou caracolinha! Como a ganância de certas pessoas pode chegar tão longe!
Um abraço apertadinho,
Daniela Mann

papoilasaltitante disse...

Grande post amiga caracolinha!!! Estou mais uma vez em completa sintonia contigo. É uma afronta a quem ganha pouco e estou como dizes ...seria bom ver um velhinho nas campanhas ...
Infelizmente é o país que temos, vamos apelando ao endividamento!!

Agora outro assunto, pois foi lá se foi... mas olha melhores dias virão para o nosso vermelhão amiga!!

Eu e a Téte ficamos à espera que dês um salto até aqui ao nosso cantinho e fazemos-te uma visita guiada aos locais mais apraziveis. Prometemos também levar-te a comer umas cornucópias à nossa pastelaria favorita para nos ajudar a "quebrar a telha" do "melão" de hoje.
Obrigada pela amizade Caracolinha Lampiona sempre em sintonia...
:)))))))))))))))
Beijocas
Papoila

Marco Ferreira disse...

Tens toda a razão, pena que os publicitários não sigam este exemplo.

marinheiroaguadoce a navegar

Fallen_Angel disse...

e nem era mau de todo porem la um velhinho :o)
espero q esteja tudo bem contigo :o)
beijinho gande e boa semana

Mocho Falante disse...

ahahahahaha. Não me aguentei e tive de vir verificar se estas cornetas estridentes existiam mesmo ou tinha sido de um sonho que provalvemente tive com algum circo romeno....

Com musica desta sacada lá do sitio que não podemos dizer o nome não há bófia que te apanhe e por isso não favorzinho em forma de chamuça Sandokan para ninguém, vais dentro sim senhor e já agora com um curso de bilros e de como acender as lareiras que é o que te faz falta, e depois minha amiga se o Jorge Miguel chupa na palinha isso é lá com ele, mas ficas a saber que estes rapazes a soprarem ba gaita também vão longe

Bábas

dakidali disse...

Pois Caracolinha o meu poiso(infuências do Mocho), é o mesmo da Papoila. Alcobaça, só que ela é nascida e criada cá e eu venho de terras do Índico s´cá vivo à 14 anos. Coisas da vida.
Beijinhos sem baba.

PiresF disse...

O marketing é lixado minha amiga, se não for bonito ou famoso não conta.
Mas sabes que a culpa é nossa? Estudos feitos revelam que não ligamos, só ligamos a anúncios com gente bonita ou gente famosa, tirando isso, ligamos a anúncios com excelentes ideias, mas dessas não há muitas é um mercado em recessão, ou então a grandes produções, para as quais não temos dinheiro. Então…

Um abração.

LM disse...

E tu achas que um velhinho 'vende' alguma coisa??
O pessoal olha para o C Ronaldo e outras aves raras e acha que pode ficar igual.
Faz parte do pacote promocional!

LM disse...

Até me esqueci dos beijinhos!

A.J.Faria disse...

Olá, Caracolinha!
A publicidade é a arte de tornar o acessório em algo essencial.
De qualquer forma, se as pessoas não têm um nivel económico que as permita adquirir um Ferrari, porque não compram um simples Renault?
Seremos tão influenciáveis, ou gostamos de ser influenciados?

Bjs,

Cila disse...

belo post ..... recoloca a questão no sítio certo...alias como és perita em fazer:):)

Também gostava sim sr de ver estes nomes associados a causas benemeritas e não só a campanhas publicitarias para recolocar mais uns tostões digo milhoes no seu bolso...


beijokas

ps: adoro a musica

elisabete disse...

OLá, Caracolinha! :o) ADORO-TE! Começou td pelo Azenhas, cujo blog só descobri há poucos dias, hj foi o do mocho falante, q é um espectáculo (mas isto fica só para nós :o))e logo de seguida leio os teus comentários no blogomocho e fico td louca c'os teus. Vcs... existem? :o) Maravilha! de humor, criatividade, inteligência, sentido de oportunidade e tanto mais! Ouve, eu preciso, o país td precisa!!! é urgente!!! chega de tristezas e de falta de auto-estima e de chorar sobre o leite derramado e de não passar da cepa torta e de tanto mais coisas da treta, precisamos mmo é de ler gente como tu e ele! Vcs são mmo fora de série! Do melhor q tenho visto, lido, ouvido, ...! Pena q tenha levado tanto tempo para vos descobrir, mas agora, azar, não vou largar o osso :o) Beijinhos ternurentos.

Alien8 disse...

Li um comentário teu num dos meus blogues favoritos e, para o caso de ninguém se ter ainda disponibilizado, venho tentar explicar-te como é que se "apaneleiram" (LOL) as palavrinhas...
Usam-se tags de HTML, conheces? É muito fácil. Fazes assim:
BOLD (ou negrito): escreves
< b > (sem espaços) para começar o BOLD, colocas a palavra ou palavras a destacar e escreves < /b > (também sem espaços entre os <> e a letra que lá fica dentro) para terminar o BOLD.
Para itálico usas i em vez de b. Podes experimentar também usar "a" (sem aspas) e vfer o que dá...Verifica o comentário usando PREVIEW para ver se está tudo ok.
bold
itálico
Usei a "tag" a
Beijocas.

Paulo Figueiredo disse...

Agora é que disseste tudo, mas sabes, isso não vende, nem fica bem aos olhos do resto da Europa.

lazuli disse...

escreveste bem e depressa, como se costuma dizer. Tudo certinho. Agora vou ler-te mas abaixo, pois tenho que me actualizar em tudo o que tens escrito.
Beijos

1entre1000's disse...

Corrosiva mesmo!!! ;)
A música excelente parabens boa escolha... ador o filme, banda sonora realizador and so on and so on... :)

Parrot disse...

Minha querida...do tamanho do mundo,

Já li aqui por acima….a publicidade é um meio legítimo, e penso que o problema não vai só por aí (parte do problema), penso eu de que….
O problema é cultural. Somos um país de novos-ricos onde se vive da aparência….e do falso status. Somos um país onde tudo o que transmita status…..é um sucesso de vendas….tudo o que é para conforto…..passa para 12º plano. Neste belo país à beira mar plantado tudo o que é topo de gama, é sucesso garantido e com taxas de penetração impressionantes. Exemplos: Telemóveis topo de gama, marcas desportivas, carros…..e carros é impressionante. Temos um dos melhores parques automóveis da Europa, quando os preços praticados são dos mais caros da Europa..... razão? Simples…..sinais exteriores de riqueza são conotados com status.
Enfim…..hoje ouvi uma pessoa da nossa praça que dizia: “Vivemos num país de mentalidade pequenina, e se continuarmos assim iremos ficar bem preparados para competir com norte de África.
Agostinho da Silva fala muito do “Ser” e do “Ter”…..não falha.

Bom dia e beijoka, meu réptil preferido

alfazema disse...

Caracolinha corrosiva? Não! Sensata, crítica, oportuna, conveniente...
Valeu bem a pena passar pela tua casota até porque começo a preocupar-me com essa coisa de ser velha. Para alguns já o sou e muito, para outros começo a ser e nem imaginas como gostava de ver um spot publicitário a anunciar o tal cartão que propões. Era mesmo bom!
Um beijo e tem um bom dia.

Nilson Barcelli disse...

Corrosiva, sem dúvida.
Só acrescentaria, para, de algum modo, temperar essa tua "corrosividade", que as pessoas endividadas em excesso não são criancinhas e, muitas delas, endividam-se apenas para se promoverem socialmente (barcos, férias, automóveis de luxo, etc.). A estes eu diria: BEM FEITO.
Aos pobres (de espírito e de dinheiro) que caem nas promessas do dinheiro barato, eu diria: CUIDADO.
Beijos não corrosivos...

Ouvinte disse...

Realmente é a realidade que se vive, e assim pouco se pode inventar.

Mas devia ser interessante.

:)

Maria Pedro disse...

Caracolinha, EXCELENTE post!!!

(O meu banco já me enviou por 4 vezes um cheque para crédito sem que eu alguma vez tivesse manifestado qualquer desejo em obter crédito; tá insuportável!!!)

Silêncios disse...

Pois estás cobertíssima de razão, minha linda!!
O que me admira, é que toda a gente sabe que é mesmo só uma questão de publicidade, e ainda assim, não resistem.Irónicamente, recebi ontem, um cheque de 7500euros do meu banco, para eu fazer o que quisesse.Já nem esperam que se peça, oferecem e pronto.O pior mesmo, são as letras pequeninas que a maior parte das pessoas se esquece de ler.Bom, dei-me ao luxo de deitar o chequito para o lixo!!:)E não, não sou milionária, mas não gosto de dores de cabeça desnecessárias.
Deixo um beijo

Thiago Forrest Gump disse...

Eu pensava que futebol desse dinheiro! ;)

Lola disse...

Caracolinha
É a primeira vez que visito a tua casquinha, mas farto-me de rir com os teus comentários bem humorados noutros blogs.
Pois ,como eu esperava, a casquinha é confortável,tem óptima música e fala de coisas sérias sem perder o bom humor.
Parabéns.
Beijinhos encaracolados e refunfunguinhos da
Lola

~*Vica*~ disse...

Tens toda razão, estas propagandas às vezes são um verdadeiro ascinte à nossa inteligência.

Era uma vez um Girassol disse...

Vim desejar-te boa noite!
Bjinhos

As Musas disse...

lolololo desculpa mas tive que me rir, é que quando dá esse anúncio eu digo sempre:
- pobre rapaz, que bom que lhe vai fazer ter esta conta... filho tens ai uns trocos para emprestar ao rapazito?
Santa paciencia.

Tetracloro disse...

As pessoas vivem acima das possibilidades. Compram a crédito. Fazem empréstimos loucos. Depois é o que se vê... leilões de apartamentos e afins. beijinho

spartakus disse...

felizmente, corrosiva. b'dia. bjinho.

Eva Shanti disse...

Eu ando para desenvolver uma ideia que tive há tempos quando num Centro Comercial da Capital um promotor de um cartão de crédito corria atrás de mim... Foi quando me ocorreu que os cartões de crédito, tal como os maços de tabaco, deviam dizer na frente em letras bem grossas: "Prejudica gravemente a Saúde!"

Mas o mais triste para mim é o recurso a empresas oferecem crédito po telefone e que praticam taxas de juro gritantemente usurárias. E quem recorre a este crédito é porque já encontrou outras portas fechadas e, muitas vezes, é por causa da subsistência da família. Ao lado dos que querem aparentar também há quem realmente precise de dinheiro, venha lá ele de onde vier...

Bjs

adesenhar disse...

cheguei atrasado como sempre.Muito foi dito e para não me repetir, apenas digo
que se fizesse um post com este tema, seria um copy /past deste teu excelente artigo.

bjs encaracolados

:)

C_mim disse...

UNDERGROUND... tenho este disco!! é o máximo!!!

Dra. Daniela Mann disse...

Subrescrevo as palavras do adesenhar!
Um assunto pertinente muito bem explicado, aqui neste teu post esclarecedor!
Um grande abraço,
Daniela Mann

pandora disse...

*clap* *clap* *clap* ! só posso concordar ctg, como em tantas outras vezes.

beijo e bom fim de semana!

João Mãos de Tesoura disse...

Se há coisa que não entendo é porque precisará o espírito santo, que está em todo o lado, de um banco? Não lhe conviria mais uma chaise longue?

Azenhas disse...

E por falar nos reformados... sabias que a partir de Abril, retiraram MUITOS IDOSOS da categorai de ISENTOS do SISTEMA NACIONAL DE SAUDE???

Pois... Os velhinhos ricos que ganhem MAIS de trezentos euros por mês passaram a PAGAR MAIS pelos REMEDIOS CONSULTAS EXAMES.

Cá por mim acho bem.
Assim em vez de andarem na night a curtir e nos copos e na praia a gastar dinheiro em bikinis e cerveja contribuem para atenuar o deficit.

É incrivel, não é?

Da minha jan ela, aquele abraço.

Natalie Afonseca disse...

Querida Caracolinha,
concordo com o que escreveste neste post!!
Realmente só demonstra que vivemos num mundo estranho!!
E a realidade é mesmo esta: uns têm muito, outros têm pouco ou nada!! Os que estão no meio....ou safam-se ou não.....
Irrita-me estas coisas.........

Mas mudando de assunto, fui ver o Ice Age II e gostei!!
Mas preferi o primeiro......
Aquela prequiça e aqueles dois manos pequeninos...demais!!!

Um beijinho enorme para ti!!
Bom fim-de-semana.
Tudo de bom!
:))))))))))))))))))))))

Flávio disse...

Porque a falta de ética no meio empresarial, nomeadamente no que concerne a banca e as linhas de crédito são um lugar-comum, e o objectivo não é ajudar o consumidor, mas sim extrair-lhe o pouco (ou muito que ele possa possuir. É preocupante a falta de criticismo por parte das pessoas, que absorvem todas as mensagens dos spots publicitários como se fossem o ar que respiram.

Vivemos numa sociedade capitalista em que o ser humano é visto como mercadoria, ou um meio para obter lucro. O nosso ser, fundamento último da moralidade (ou assim o deveria ser) é substituido por um cifrão (neste caso, por um E atravessado por duas barras) e desta forma torna-se possível fazer tudo, em nome do lucro: Atrair o indíviduo como uma mosca ao mel, advogar ser o remédio para todos os males, apenas para depois rapinar os poucos trocos que o individuo possui (e em caso de incumprimento, rapinar-lhe os bens que possui). E as linhas de crédito são uma máquina bem oleada, uma doce máquina concretizadora de sonhos ilusórios que logo se tornam pesadelos.

É contra esta sociedade do fútil, do acriticismo e do acefalismo que há que levantar a voz. É contra a sociedade do capital, que nos enche de fantasias futeis enquanto nos explora que há que lutar.

É necessário educar. Para que as pessoas não sejam acríticas, para que não engulam todos os 'cofidis' e 'dinheiro rápido' que aparecem diante dos seus olhos. É necessário existir uma mudança de mentalidade -profunda, que infelizmente me parece uma tarefa hercúlea.

Flávio disse...

E que é da minha educação? :P

Beijo e abraço ^__^

Era uma vez um Girassol disse...

Doce Caracolinha, vim desejar-te um domingo radioso! E se fores visitar o jardim da Girassol, vê se já almoçaste...É que ontem encontrei os meus jarros todos roidinhos...Serias tu, marota????
Beijinhos

C_mim disse...

Essa história da isenções do sistema nacional de saúde é escandalosa. Conheço muito velhinho que por causa de 5 ou 10€ deixaram de ficar isentos!!!

Um outro dia tive de explicar essa dura realidade a uma velhinha e ela quase que chorou.

Como é que um ordenado mínimo dá para viver neste país?....

O problema não está ne pensão mínima, mas na máxima.

Isabel-F. disse...

Tens toda a razão caracolinha...
mas é o mundo onde vivemos...

tem uma linda semana
bjs

The City Lights disse...

Olá caracolinha.....sim tenho andado desaparecida.....hehehehe....o trabalho...o trabalho....
Quanto ao teu post, é o país que temos!É sempre preferível construirmos não sei quantos estadios de futebol, só porque fica bem e não queremos parecer uns pobrezinhos,enquanto isso existem milhares de pessoas sem qualquer tipo de condições para viver,como por exemplo aqueles velhotes que coitados têm de pedir na drogaria para pôr na conta, o pão,a carne etc....e muitos deles nem os medicamentos compram,não que não precisem,mas infelizmente porque não têm.Algumas pessoas(ignorantes)dizem:"trabalhassem quando eram novos e amealhassem"Não é assim tão fácil, e quando a vida nos dá tantas estaladas,por muitas das vezes sermos honestos demais,acabamos com uma mão á frente e outra atrás e a ter que nos sujeitarmos á humilhação de irmos pedir fiado pelo menos até ao final do mês!
(.....)pano para mangas Lindona.....

O bacci revoltadissimo do costume!
;)

Wakewinha disse...

Nada de novo para ler? Não faz mal, dança-se a magnífica música que tens ali do lado! ;)

Beijinho encaracolado, minha linda*

[Lê e divulga, p.f.!]